terça-feira, 18 de maio de 2010

Um retrato meu, seu, de todos.....


Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial.

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" pra ser insignificante.

Augusto Branco....:)

Um comentário:

Sofia disse...

Oi, anjo!

Eu também achava que esse txt era do Chaplin, mas vi que é de um poeta brasileiro chamado Augusto Branco! - só olhar no google ou no you tube pra conferir ;D
Beijinhos!!