segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

RELATOS



Enquanto errante cruzava as flamas do Inferno, deliciando-me com as volúpias do Gênio, que aos anjos transfigurava-se como Tormento e Loucura, recolhi alguns dos seus provérbios, considerando que, assim como as máximas de um povo exprimem o seu verdadeiro caráter, então os Provérbios do Inferno indicariam decerto a sabedoria dos Vértices Abissais melhor do que qualquer outra descrição de Edifícios e Vestimentas.


Ao voltar á tona, sobre o abismo dos cinco sentidos onde um precipício de escorregadias escarpas franze suas sobrancelhas a este mundo atual vislumbrei um poderoso demônio em negras nuvens envolto pairando sobre os flancos dos penhascos, e com fogos corrosivos gravava a seguinte frase agora captada pelas mentes dos homens e por eles á Terra revelada

Nenhum comentário: