segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

SOBRE A DISTÂNCIA


Dei-me conta há pouco tempo de algo sabido desde que o tempo é tempo. O tempo, apesar de relativo, existe. Passa de diferentes formas, mas passa. Já a distância, medida física destinada a medir espaço entre dois corpos não existe no que tange a sensação de presença. Sentimo-nos sozinhos em meio á multidões, passamos ao lado de cascas. Isso mesmo, cascas, invólucros ambulantes que não nos deixam sozinhos, mas ao mesmo tempo não nos fazem companhia.
Enquanto que á milhares de quilômetros de distância encontramos pessoas que nos fazem sorrir. Não lhes conhecemos o tato, não as olhamos nos olhos, mas sabemos que estão mais presentes que tudo neste mundo.
Distância é só um doido ébrio e abstrato quando passamos a conhecer pessoas assim.
Gente fina elegante e sincera!!!!

Nenhum comentário: