domingo, 10 de janeiro de 2010

PRECONCEITOS


Realizou-se esta semana o primeiro casamento entre pessoas da mesmo sexo na América do Sul, o fato se deu na Argentina, em meio á uma polêmica gigantescamente absurda.
Não faltaram e não faltarão pessoas indo aos tribunais com o intuito de tornar esse tipo de união ilegal. Não consigo, na minha ignorância entender porque existem tantas pessoas que se mobilizam contra a união de pessoas do mesmo sexo.
Se nenhuma das pessoas o está fazendo contra a própria vontade, não implica em crime contra terceiros, não prejudica a sociedade...porquê ser contra?
No Brasil alguns cartórios, após uma longa batalha burocrática, já registram a união estável nesses casos, mas sem reconhece-la como casamento de fato.
A briga por esse direito de duas pessoas do mesmo sexo terem sua relação legalmente reconhecidas perante a lei já não é de hoje.
E o mais curioso de tudo, é que os governos não possuem nenhum argumento consistente para negá-lo, e no entanto o fazem.
O maior desafio de todos, é o lobby exercido pela igreja dentro do congresso, bem como o conservadorismo de governantes de avançada idade que ainda trazem os infectos conceitos dessa falsa moral adquiridos na época da ditadura, onde o exército nos ensinava que esse tipo de união "vai contra as leis da natureza".
Você pode até argumentar que não, que o Brasil é um estado laico, igreja e governo estão separados há séculos.
Mas essa influência nociva fica á vista de todos não somente nesse caso. Observe como se deu a votação a respeito do uso de células tronco em pesquisas médicas, ou então sobre a legalização do aborto....
Enquanto não escorraçarmos esses dogmas infundados de nós mesmos, esses governantes que nos prendem á Idade Média continuarão achando que estão fazendo algo bom em nosso nome...
"Toda forma de amar vale a pena, toda forma de amar é amor..."

Nenhum comentário: